3,5 mil vagas: veja como se candidatar para trabalhar no novo hospital de Salvador

0

Quem está esperando por uma nova oportunidade de trabalho deve ficar atento. Salvador vai ganhar um novo hospital e a expectativa é de que sejam geradas 3,5 mil vagas de empregos, diretos e indiretos. Esse será o primeiro empreendimento da Rede Mater Dei na Bahia e o lançamento aconteceu nesta segunda-feira (12).

A unidade vai funcionar na Avenida Vasco da Gama, próximo ao cruzamento com a Avenida Anita Garibaldi, e terá duas estruturas: o hospital e um centro médico. A previsão é de que as obras iniciem em setembro e de que ele comece a funcionar, parcialmente, em 2021, e totalmente em 2022.

A rede promete entregar um dos hospitais particulares mais modernos da cidade, com atendimento nas mais diversas áreas da saúde. Os interessados em uma das vagas de emprego devem cadastrar o currículo no site da empresa, na aba ‘Trabalhe conosco’. São cerca de 1.500 vagas para as obras e outras 2 mil para atuar no hospital.

Já o centro médico será construído em 9,9 mil metros quadrados, terá 19 pavimentos e 62 consultórios. Ele vai ficar a 90 metros do hospital, e vai concentrar também as áreas administrativas e de apoio à unidade. O presidente da Rede Mater Dei, Henrique Salvador, contou que esse será o primeiro hospital do grupo fora de Minas Gerais.

“Nós escolhemos Salvador porque acreditamos que ela é uma das principais capitais do país, em uma região muito importante, que é o Nordeste. A cidade tem um centro industrial importante, muitas empresas na área da prestação de serviços, e é estrategicamente localizada”, afirmou.

Ele contou que as unidades vão entrar em funcionamento aos poucos e que será aproveitada a mão de obra local. “As contratações vão ocorrer na Bahia, preferencialmente em Salvador. Inicialmente, para a obra e, depois, para a operação do hospital”, afirmou.

“É importante ressaltar o tamanho do investimento a ser realizado aqui em Salvador pelo grupo Mater Dei, que é um dos maiores e mais conceituados do Brasil. Quando fomos procurados e vimos a dimensão do projeto, os olhos brilharam. Então a Prefeitura criou todas as facilidades possíveis, especialmente para desburocratizar e agilizar as licenças”, afirmou o prefeito ACM Neto que esteve presente no evento.

Currículo
Segundo a Associação Brasileira de Recurso Humanos (ABRH-Brasil), as informações mais valorizadas pelos recrutadores de currículos são experiência profissional (80%), formação e/ou cursos complementares (60%), cargo e/ou área pretendida (60%), objetivo profissional (50%) e conhecimento em outros idiomas (24%).

Um levantamento feito pela Catho, plataforma de recrutamento online, no começo deste ano revelou que três em cada dez dos currículos recebidos pelas empresas não passam para a próxima fase da seleção por conta de erro de ortografia. Para os especialistas quando o candidato comete esse tipo de erro passa para o selecionador a mensagem negativa, o que pode demonstrar pouco apreço, cuidado ou desatenção.

Fonte: Correio da Bahia.

SHARE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui