Auditoria do TCE-SE encontra “graves irregularidades” em repasses para compra de respiradores

0

Situação difícil para o governador da Bahia, Rui Costa do PT, após o Tribunal de Contas do Estado de Sergipe (TCE/SE) concluir uma auditoria operacional feita sobre os repasses do Governo de Sergipe para o Consórcio Nordeste relativos à aquisição frustrada de ventiladores pulmonares. Vale lembrar que Rui é presidente do consórcio e responsável pela compra dos respiradores que está sendo investigado pelo Ministério Público Federal.

De acordo com o conselheiro Carlos Pinna, que recebeu o relatório do Ministério Público de Contas, os valores foram pagos antecipadamente e a auditoria feita na parte sergipana desse convênio indica que há graves irregularidades.

Ele opinou pelo envio da matéria ao Relator das contas do Governo específicas do ano de 2020. O conselheiro-presidente, Luiz Augusto Ribeiro, informou que a Coordenadoria jurídica da presidência fará um parecer acerca do encaminhamento do relatório de auditoria.

SHARE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui