Eleito melhor jogador da Copa, croata Modric pode ser condenado a cinco anos de prisão

0

A principal destaque da seleção da Croácia e eleito o melhor jogador da Copa do Mundo da Rússia, o meio campista Luka Modric, de 32 anos, vive talvez os melhores dias da sua carreira como jogador de futebol, mas também tem motivos para se preocupar. O jogador do Real Madrid é acusado de participar de um esquema ilegal de transferência de jogadores e pode ser condenado a até cinco anos de prisão por corrupção e falso testemunho.

Segundo informações divulgadas pelo jornal Estadão, Modric teria se associado ao ex-dirigente do Dínamo Zagreb, Zdravo Mamic, com o objetivo de receber 50% do dinheiro da sua transferência, quando foi negociado para o Tottenham, da Inglaterra. O atleta já foi chamado para depor sobre o caso em algumas oportunidades, e alegou ter assinado um acordo com Mamic em 2004, onde prometeu metade do lucro em futuras transferências.

Contudo, o camisa 10 da Croácia mudou o seu depoimento 11 anos depois, onde afirmou que a cláusula do contrato foi assinada retroativamente depois da sua transferência. Por fim, o jogador ainda afirmou que “não lembra de detalhes do acordo”. Diante disso, no último mês de março ele foi indiciado por falso testemunho e pode ser preso assim que retornar para o seu país.

Indignados com essa situação, alguns torcedores chegaram a pichar a casa onde Modric morou no passado com os seguintes dizeres: “Luka, você vai se lembrar disso um dia”.

SHARE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui