Nilton Bastos mente descaradamente em entrevista à Rádio Metrópole

0

Em entrevista à Rádio Metrópole, o deputado estadual Nilton Bastos (PP), mentiu descaradamente ao dizer que, quando assumiu a prefeitura com o Prefeito Jeferson Andrade (PP) – acusado por formação de quadrilha e enriquecimento ilícito e está no cargo sob uma liminar -,  em 2013, a receita era de R$ 16 milhões, mas caiu para R$ 9 a 10 milhões em virtude da crise na Petrobras. Antes de ser eleito deputado, Nilton era Secretário de Governo de Madre de Deus.

Jeferson Andrade assumiu a Prefeitura 1º de abril de 2013 após a renúncia de Carmen Gandarela (in memorial), e a receita daquele mês foi de R$ 10.216.705,40, e só fez aumentar chegando em dezembro do mesmo ano em R$ 15.733.985,74, conforme dados do TCM.

Em janeiro de 2019, a receita foi R$ 11.271.042,35, e bateu recorde no mês de julho: R$ 16.450.293,79. 

Na verdade, nunca houve crise na cidade de Madre de Deus, apenas falta de planejamento e malversação do dinheiro público, e a grande prova disso é o descaso na saúde com médicos pedindo demissões, falta de pagamentos dos servidores e prestadores de serviços da área de saúde, contratos superfaturados, obras milionárias e inexistentes, enfim, uma gestão corrupta rejeitada pela população. Fato.

Confira a receita de Janeiro a Dezembro de 2013:

Abril/2013 – 10.216,.705,40

Maio/2013 – 10.085.002,58

Junho/2013 – 9.093.034,10

Julho/2013 – 10.711.894,57 

Agosto/2013 – 10.215.552,11

Setembro/2013 – 11.537.741,65

Outubro/2013 – 11.852.092,81

Novembro/2013 – 11.555.232,25

Dezembro/2013 – 15.733.985,74

Confira a receita de Janeiro a julho de 2019:

Janeiro/2019 – 11.271.042,35

Fevereiro/2019 – 12.627.605,75

Março/2019 – 12.100.810,58

Abril/2019 – 12.317.217,42

Maio/2019 – 12.519.590,65

Junho/2019 – 12.088.739,55

Julho/2019 – 16.450.293,79

Obs. O mês de agosto de 2019 não foi publicado ainda no site do TCM.

SHARE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui