Oficial de justiça que é sogra do Prefeito de Madre de Deus não conseguiu ainda notificá-lo

0

O vereador de Madre de Deus, Val Peças, em plena sessão, fez uma denúncia gravíssima contra o Prefeito Jeferson Andrade que é acusado pelo Ministério Público por enriquecimento ilícito e formação de quadrilha. O MP pediu o bloqueio de R$ 3 milhões nas contas do gestor, afastamento do cargo e a prisão, entretanto, o ex-presidente do Tribunal de Justiça da Bahia Gesilvado Brito que foi afastado do cargo está semana na Operação Faroeste – suspeito de vender sentenças e liminares -, derrubou uma liminar do juiz Dr. Glauco que afastou o alcaide ano passado.

Segundo Val, o processo estar parado porque a oficial de justiça Nilzete Cardoso não conseguiu notificar, ainda, Jeferson Andrade. O estranho é que, a servidora pública é sogra de Jeferson.

“Alguém dos senhores conhece Nilzelia Cardoso?   Quem conhece é a oposição, é a mãe da secretária, sogra do prefeito. Sabe qual é a função dela senhores e senhoras? Oficial de justiça! Pasmem, ela pegou um documento que é pra notificar Jeferson prefeito, genro dela.  Ela não tem nada ver com a 6ª Vara, ela é oficial de justiça. Foi lá pegou a notificação e tá de baixo do braço dela.  Nós vereadores vamos entrar com uma representação contra ela”, diz e acresenta: “Será que ela não encontra Jeferson Andrade que é seu genro?”

Convém observar que a oficial de justiça através de suas manobras jurídicas quer retardar o processo evitando a prisão e o afastamento do Prefeito do cargo, no caso, do seu genro. Os quatro vereadores de oposição prometeram representar contra a servidora pública.

Essa é a justiça baiana que mantém corruptos soltos e livres para cometer diversos delitos acreditando na impunidade. Vale lembrar que Jeferson Andrade foi acusado por outro crime, o do Parque Industrial – desvio de verba pública -, e o Ministério Público já pediu, mais uma vez, sua prisão e afastamento do cargo.

 

SHARE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui