Promoter é esfaqueada pelo namorado na presença do filho de apenas 8 anos

0

Uma mulher foi agredida e esfaqueada pelo marido, na presença do filho de apenas 8 anos de idade, no município de Simões Filho (BA), na região Metropolitana de Salvador (RMS). A violência aconteceu na residência da família, na frente da criança. Abalado e assustado, o menino foi quem pediu ajuda aos vizinhos. Ela foi socorrida em estado grave para o Hospital Municipal de Simões Filho (HMSF).

Suspeito de cometer o crime

O crime aconteceu na madrugada desta desta segunda-feira (19/08), no condomínio Residencial do Minha Casa Minha Vida (MCMV) universitário I, localizado no bairro Vida Nova, e uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192) foi chamada ao local por moradores que ouviram o pedido de socorro da mulher.

A vítima foi identificada como Ellen Ammora, conhecida como “Monique”. Ela trabalha como Promotora de Eventos. De acordo com o status atual dela no Instagram, ela trabalha na empresa Fire Produções.

“Eu ouvir uns gritos de socorro abafado por volta das 3 horas da manhã. Mas ninguém foi lá ver com medo. Só por volta das 4 horas da manhã ela conseguiu gritar socorro com maior intensidade. O filho dela veio pedindo socorro e os moradores ligaram para o SAMU”, explicou um morador do residencial.

Ainda segundo informações de moradores, a vítima levou quatro facadas. Durante as agressões a mulher se fez de morta para que o suspeito fosse embora do local. “Ela só escapou porque fingiu ter morrido. Se ela tivesse dado qualquer sinal, teria sido realmente morta naquele momento. Mesmo ferida, ela conseguiu gritar por socorro. Demorou para o socorro chegar, foi horrível. Vamos orar para que Deus salve a vida dela e o filho dela está traumatizado. Eu dei um beijinho nele e ele me perguntou se a mãe dele iria ficar bem, a gente teve que dizer pra ele que sim, foi terrível, foi muito triste. Ele [o acusado] limpou o sangue todo. Ele é frio, ele é um monstro esse homem”, disse outra vizinha da vítima.

A vítima foi encontrada gravemente ferida no chão e levada inicialmente para o Hospital Municipal de Simões Filho (HMSF), mas devido a gravidade dos ferimentos, teve que ser transferida para o Hospital do Subúrbio (HS), localizado em Paripe.

Nas redes sociais, circula uma campanha pedido de justiça solicitando que a população compartilhe a foto do acusado para que ele seja preso. “Este indivíduo desferiu golpes de faca, na companheira conhecida como Monik, ela se fingiu de morta , enquanto ele limpava a casa suja de sangue. Isso por volta das 3:hs da madrugada de 19-08-19. Ela se encontra hospitalizada , e ele está foragido,o nome de é Beto Carvalho, divulguem essa foto para que ele seja preso e pague pelo que fez.#FEMINICIDIO!!! *NÃO”, diz o post. A mensagem foi reproduzida com a grafia encontrada na publicação.

Investigação

Agentes do Setor de Investigação (SI) da Polícia Civil de Simões Filho abriu um inquérito para apurar o caso. A polícia informou que ainda não houve prisão, mas que as investigações estão evoluídas. O principal suspeito continua sendo o namorado da vítima, o preparador físico e fisiculturista Beto Carvalho, conhecido como Betão.

A investigação segue em sigilo, a fim de não prejudicar o andamento dos trabalhos e a descoberta da verdade.

SHARE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui