Robinho é condenado em segunda instância por estupro

0

O jogador brasileiro Robson de Souza, mais conhecido como Robinho, foi condenado em segunda instância pela Corte de Apelação de Milão pelo crime de violência sexual de grupo. O tribunal também referendou a pena de nove anos de prisão contra o atleta.

Além dele, a condenação atinge o amigo, Ricardo Falco. Os dois foram acusados por abusar sexualmente de uma mulher albanesa na boate Sio Café, em Milão, em janeiro de 2013. À época Robinho era um dos principais jogadores do Milan.

Os advogados de Robinho e Falco anunciaram que vão recorrer à Corte de Cassação, tribunal no sistema judiciário do país equivalente ao Supremo Tribunal Federal no Brasil. Só após o processo tramitar nessa terceira instância um acusado pode ser considerado culpado por algum crime.

Por Mateus Simoni

SHARE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui